Tempestade mata 26 e tira mais de 80 mil pessoas de casa nas Filipinas


Em 17/12/2017

 



As fortes chuvas que atingiram as Filipinas deixaram pelo menos 26 pessoas mortas devido a deslizamento de terras. As mortes provocadas pela tempestade tropical, chamada de Kai-Tak nas Filipinas, ocorreram na ilha de Biliran, de acordo com autoridades locais. A ilha encontra-se no centro do arquipélago.

 

A tempestade tropical Kai-Tak já tinha atingido as grandes ilhas de Samar e Leyte no sábado (16), derrubando postes de eletricidade em 39 cidades e danificando pontes e estradas, informou a agência nacional de gestão de desastres. Contudo o número de mortes foi pequeno -foram três- quando comparado com a quantidade de vítimas neste domingo (17).

 

Ao todo 87.700 pessoas tiveram que deixar suas casas na região. "Há um total de 26 pessoas mortas em deslizamentos de terra em quatro localidades de Biliran. Recuperamos os corpos", informou Sofronio Dacillo, chefe do serviço provincial de gerenciamento de desastres.

 

As autoridades não souberam dizer se entre as vítimas anunciadas neste domingo estão os três mortos no sábado. Entre as vítimas estão um menino de dois anos, que morreu afogado na ilha de Leyte, vizinha de Samar e onde também morreram duas mulheres, uma soterrada por um deslizamento de terra e outra ao ser arrastada para um esgoto.

 

"Quase metade das cidades está inundada", afirmou Marcelo Picardal, vice-governador da província de Samar. Veículos do Exército das Filipinas foram enviados para as áreas inundadas para ajudar os habitantes que tiveram de ser levados para abrigos de emergência.

 

FONTE: FOLHAPRESS

FOTO: REUTERS


Portal Primeiro Minuto
©2016 - Todos os direitos reservados